LINKS RÁPIDOS

Dicas

Dia a Dia

Vídeos

Editorial - Quando operar?

 

REDES SOCIAIS

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • YouTube - Círculo Branco
  • White Twitter Icon
  • Branca Ícone SoundCloud

     CONSULTÓRIO

Rua Vergueiro,1.421, Sala 305 Torre Sul 

Paraíso São Paulo/SP

Cep. 04101-000


 

(11) 2936.8838 

(11) 5571.9933

Dr. Luiz Pimenta – Especialista em Cirurgia da Coluna Minimamente Invasiva

Visite também: IPC - Instituto de Patologia da Coluna - Cirurgia e Tratamento da Coluna

©Copyright © 2019. Dr. Luiz Pimenta                                                                                                                                                                                        Developed by ANBInfo

A medula espinhal é uma das estruturas nobres do corpo humano. Ela conecta o cérebro às estruturas periféricas, incluindo braços e pernas. A medula espinhal é um caminho de duas vias - trás informações relevantes ao cérebro, entre elas sensações de dor, temperatura e posição do corpo no espaço (propriocepção), bem como leva estímulos para gerar movimento aos grupos musculares dos quatro membros.

A medula está localizada dentro da coluna vertebral, ocupando o chamado canal medular ou canal vertebral. Esta região é bastante protegida por estruturas ósseas, ligamentos e músculos, pois é de vital importância manter os neurônios que compõem a medula íntegros durante toda a vida. Mas essa não é uma tarefa fácil e muitas vezes algumas destas estruturas protetoras se tornam vilões. Isso pode causar uma compressão da medula e criar um quadro conhecido como estenose do canal medular.

Ela compromete a propriocepção, que inclui a capacidade de localizar as partes do corpo no espaço, e então o cérebro não recebe as informações necessárias para funções como sentir as sinuosidades do solo e promover todo equilíbrio muscular necessário para que a marcha ocorra normalmente. Há também, em casos mais graves, aumento descontrolado do tônus muscular, espasticidade e aumento patológico dos reflexos - o mais conhecido é o reflexo patelar de extensão do joelho, que somados ao restante do quadro podem limitar muito as atividades diárias destes pacientes.

Tratamento

O tratamento depende da sintomatologia. Em casos no qual o diagnóstico é um achado de exame, ou seja, o paciente não apresenta nenhum dos sintomas descritos acima, o médico está autorizado a observar este paciente, porém observar de perto, com consultas periódicas sem grande intervalo entre elas. 

O tratamento é multidisciplinar. Além da descompressão cirúrgica da coluna cervical quando necessário, a cirurgia deverá ser associada ao tratamento com profissionais de áreas como fisiatria, neurologia, fisioterapia e terapia ocupacional. Portanto, em caso de qualquer sintoma de alarme não hesite e procure seu médico o mais breve possível.